Campanha

Não é brincadeira, é crime!

Trata-se de uma iniciativa que tem o objetivo de conscientizar, orientar, apoiar e, em especial, ampliar o debate sobre a importância da prevenção à exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo, com foco nos prestadores de serviços turísticos, turistas e moradores do Distrito Federal.

O Projeto

Com a instalação de peças publicitárias e stands de orientação nas principais estações do metrô, a campanha busca conscientizar e ampliar o debate sobre a violência contra a criança e adolescente, em locais de alta circulação de público, expandindo, disponibilizando e simplificando o acesso à informações, materiais e redes de apoio.

Fique atento!

Formas de prevenção à exploração sexual
para crianças e adolescentes.

Compreensão dos
Sinais de Alerta e
atitudes estranhas:

Educar as crianças sobre comportamentos inadequados e suspeitos.

Identificação
de Pessoas
de Confiança

Pessoas que saibam onde recorrer em caso de desconforto ou ameaça

Conscientização
sobre Situações
de Risco

Ensinar às crianças sobre potenciais perigos, online e offline.

Práticas Seguras
na Internet

Estabelecendo regras claras sobre compartilhamento de informações

Desenvolvimento
da Autoestima

Promover um ambiente que incentive o desenvolvimento da autoestima e confiança.

Abertura para
a Comunicação

Estabelecer comunicação aberta, garantindo que as crianças se sintam à vontade.

DATA DAS AÇÕES

FAÇA PARTE DESSE MOVIMENTO!

Galeria de fotos

Galeria de Vídeos

Metrô

Saiu na mídia

Um projeto desenvolvido pelo instituto inside brasil
em parceria com a secretaria turismo do Distrito Federal.

Importante!

Sou prestador de serviços turísticos, como posso ajudar?

Incorporar, dentro da política da empresa e nos contratos celebrados, o compromisso de cumprir e divulgar o estabelecido Estatuto da Criança e Adolescente.

Impedir o ingresso de crianças e adolescentes em estabelecimentos de hospedagem desacompanhados dos pais, do tutor ou do responsável e na companhia desses exigir comprovação de vínculo.

Assegurar a capacitação de seus funcionários para o enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Prestar informações aos turistas acerca do posicionamento da empresa, de repúdio à exploração sexual de crianças e adolescentes por meio de cartazes, catálogos, vídeos, informações na página da internet e demais meios que considerar efetivos e divulgar os canais de denúncia, como por exemplo o Disque 100.

Recusar qualquer publicidade de caráter erótico vinculada ao turismo, em especial as que envolvam crianças e adolescentes

Abster-se de conduzir turistas ou prestar informações acerca de estabelecimentos onde se coordene ou onde se pratique a exploração sexual de crianças e adolescentes

Denunciar às autoridades competentes os fatos de que tiverem conhecimento por qualquer meio, assim como a suspeita de atos relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes

Importante!

Compreensão dos Sinais de Alerta

É imperativo cultivar nas crianças a compreensão dos sinais de alerta que indicam comportamentos apropriados e inadequados. Esta educação não só visa garantir que as crianças estejam conscientes de seu entorno, mas também destaca a importância crucial de relatar imediatamente situações desconfortáveis. Ao capacitar as crianças com o conhecimento e a confiança para reconhecer e comunicar sinais de alerta, estamos construindo uma base sólida para a prevenção e intervenção em casos de possível exploração ou abuso.

Importante!

Identificação de Pessoas de Confiança

Encorajar as crianças a identificarem adultos de confiança, seja em casa, na escola ou na comunidade, desempenha um papel vital na criação de uma rede de apoio sólida. Estabelecer essas conexões fornece às crianças recursos emocionais e práticos, garantindo que elas saibam onde recorrer em momentos de desconforto, medo ou ameaça. Ao construir uma base de relações seguras, promovemos um ambiente que nutre o bem-estar e o desenvolvimento saudável das crianças.

Importante!

Conscientização sobre Situações de Risco

Em uma sociedade cada vez mais digital, instruir as crianças sobre potenciais perigos, tanto online quanto offline, torna-se uma prioridade essencial. Este processo educativo vai além de simplesmente alertar; é uma oportunidade para equipar as crianças com as habilidades necessárias para tomar decisões informadas e seguras. Ao enfatizar o compartilhamento seguro de informações apenas com pessoas confiáveis, estamos capacitando as crianças a navegar em um mundo digital complexo e em constante evolução.

Importante!

Práticas Seguras na Internet

Orientar as crianças sobre práticas seguras na internet não se limita a estabelecer regras restritivas, mas sim a capacitá-las para uma participação ativa e responsável online. Definir diretrizes claras sobre o compartilhamento de informações, interações com estranhos e o discernimento na escolha de conteúdo online contribui para o desenvolvimento de habilidades críticas. Ao promover uma abordagem consciente e equilibrada do mundo digital, ajudamos as crianças a se tornarem usuários seguros e responsáveis da tecnologia.

Importante!

Desenvolvimento da Autoestima

Promover um ambiente que fomente o desenvolvimento da autoestima e confiança é um investimento significativo no crescimento emocional e psicológico das crianças. Capacitá-las a expressar seus sentimentos, desenvolver uma imagem positiva de si mesmas e reconhecer situações inadequadas contribui para a construção de uma base emocional robusta. Ao fortalecer a autoestima, estamos preparando as crianças para enfrentar desafios, resistir à pressão externa e desenvolver relacionamentos saudáveis ao longo de suas vidas

Importante!

Abertura para a Comunicação

Estabelecer uma comunicação aberta e honesta é essencial para construir uma base sólida de confiança entre pais, cuidadores e crianças. Garantir que as crianças se sintam à vontade para compartilhar experiências, preocupações e questionamentos sem receio de retaliação é fundamental para a construção de relacionamentos saudáveis. Esta abertura para a comunicação não só fortalece os laços familiares, mas também cria um ambiente onde as crianças se sentem apoiadas e compreendidas, promovendo um desenvolvimento emocional e social positivo.